A MEDIDA DE UM AMOR

 

Suely Vieira

Não adianta esperar

Um amor do tamanho do seu.

Em amor não existem medidas

Que possam ser medidas padrão.

Cada um ama o que sabe.

Cada um ama o que pode.

Cada um ama tanto quanto

O tanto que pela vida,

A vida um dia lhe deu.

Não adianta cobrar

Não adianta exigir

Bom mesmo é saber aceitar

E aceitando compreender

Que não há condições de existência

De dois amores iguais.

Para uns o amor é...

Assim como os números primos

Que não se dividem pelos demais.

Já para outros ele se fraciona

Em divisões decimais.

Mas, enfim, todo jeito de amar vale a pena.

Assim como também vale a pena

Cada expressão deste amor.

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: