Não existem duas pessoas que sejam perfeitamente iguais.

     Somos todos diferentes uns dos outros.

     Justamente por sermos diferentes é que sentimos necessidade de estarmos juntos e alegria quando não estamos sós.

     Cada um de nós possui características que unidas podem completar-se.

     No entanto, muitas vezes reclamamos por não encontrarmos no “outro” um reflexo daquilo que somos.

     Não percebemos que é esta dessemelhança que transforma uma simples convivência em uma aliança. 

    Quantos passam pela vida à procura de sua “alma gêmea”, sem perceber que, se a encontrar, estará apenas encontrando um reflexo de si mesmo.

    A verdadeira harmonia deveria ser entendida não como a união daquilo que é igual, mas sim na complementação que poderia ser alcançada quando os opostos se aproximassem e se completassem.

    Encontrar no outro aquilo que nos falta é o verdadeiro significado da perfeita união.

 Senhora da Lua

Direitos autorais reservados.

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: