AMOR INCONDICIONAL 

Amamos nossas qualidades e odiamos nossos defeitos.

E quanto mais os amamos ou quanto mais os odiamos, mais força, mais poder damos a estes sentimentos.

Uma atitude mais sensata seria então que não alimentássemos este sentimento de ódio por aquilo que em nós não desperta admiração. Se olhássemos com maior compreensão para nossas imperfeições, perceberíamos que por trás de cada uma delas existe uma causa, uma motivação.

Quando conseguirmos transformar este sentimento de raiva em

compreensão, estaremos iniciando um processo de auto-cura, que irá gradativamente dissolver as raízes daquilo que consideramos imperfeição.

E, simultaneamente, estaremos ampliando nossa capacidade de sentir o verdadeiro amor, o amor que não impõe condições para se manifestar.

 

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. ( Lei 9610 de 19/02/1998)

 

 

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir:

VOLTAR