Você já parou para pensar no Amor?

Não o amor pessoal, aquele que cobra reciprocidade, mas sim aquela forma de Amor que quase chega a ser auto-suficiente na sua plenitude.

O amor que simplesmente existe.

O amor pessoal é egoísta, pois nos leva a uma expectativa de retribuição.

O verdadeiro amor é altruísta. Ele traz em si não o desejo de posse, mas sim o sentimento de doação.

O amor pessoal necessita de confirmações a cada dia para continuar existindo; enquanto que o Amor verdadeiro alimenta-se de sua própria essência.

Quanto maior for a quantidade de Amor incondicional que houver em um coração, maior serão as probabilidades de que o amor seja fonte de prazer e de felicidade.

          Envolva seu coração em Amor e reparta-o  com toda a Terra!

Senhora da Lua

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: