Eu sei...

 
 Suely Vieira

Não precisas dizer nada.

Adivinho em teu silêncio

Cada palavra pensada,

Cada gesto omitido,

Cada sorriso contido.

 

Não precisas dizer nada,

Pois sei ler em tuas pausas.

Elas são tão eloqüentes

Quanto um poema de amor.

 

Não precisas dizer nada.

Fingirei não perceber

Tudo aquilo que não falas,

Mas revelas a cada dia

 

Não precisas dizer nada...

Eu sei!

 

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: