“... houve um dia um grande incêndio na Floresta. 

Todos os animais fugiam apressados, procurando encontrar abrigo longe do fogo.

Um destes animais ao fugir encontrou um beija-flor que levando gotas de água em seu bico voava exatamente na direção do fogo.    

Espantado perguntou ao beija-flor o que este estava fazendo e o pequeno pássaro respondeu:

-        Estou levando água para ajudar a deter o incêndio.

-        Mas você não percebe que a água que você leva é tão pouca que não será suficiente para apagar tanto fogo?

-        Sim, eu sei, mas eu procuro fazer a minha parte. Se cada um de nós fizer o que lhe é possível, estaremos todos contribuindo para o bem estar coletivo. A minha contribuição pode até ser pequena, mas somada a outras, elas todas reunidas, tornar-se-ão uma grande força...”  

Muitas vezes nós também desanimamos diante de uma grande tarefa. Pensamos que de nada adiantará nos posicionarmos, pois sozinhos não teremos as condições necessárias para resolver um problema.

Mas, se fizéssemos como o beija-flor, se confiássemos que outras pessoas também o fariam, estaríamos dando a nossa contribuição. E, na verdade é isto o mais importante. Fazer sempre o melhor que pudermos. Sem esperarmos que os outros dêem o primeiro passo.

Senhora da Lua

Direitos autorais reservados.

 Lei 9.610 de 19/02/1998

 

                                                                      

                                                                         

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: