PONTES OU BARREIRAS

 

Por mais que uma pessoa sinta-se bem ao estar só, ninguém pode viver eternamente sozinho.

É próprio dos seres vivos agruparem-se; o estar junto cria uma sensação de conforto e proteção.

Saber que nossos interesses encontram afinidades nos aumenta a confiança em nossa capacidade de escolha.

Todos nós precisamos da companhia de alguém.

Não é saudável isolar-se.

Poder compartilhar nossos sonhos, nossas alegrias e nossos medos sempre nos ajuda a compreendê-los melhor.

Não deixe que pequenas diferenças sejam o motivo que o leve a afastar-se de seu grupo, de sua família, de seus amigos.

Muitas vezes, com o passar do tempo, nossas motivações mudam e, então, acreditamos que as antigas amizades já não preenchem nossas necessidades emocionais.  Acreditamos que já podemos viver sem o apoio destes antigos companheiros de tanto tempo. Deixamos que pequenas diferenças se transformem em grandes distâncias.

Quando as diferenças surgirem, não faça delas o pretexto para romper antigos laços. Procure vê-las como uma oportunidade de ampliar sua percepção da vida.

Não se deve procurar encontrar nos amigos um reflexo de nós mesmos, mas sim encontrar aquilo que nos completará.

Por que não construir mais pontes e menos barreiras?

Por que deixar que o pouco que separa seja mais forte do que o muito que une?

Enviar esta página por email

ou

 Indique esta Página!

 

Escolha aqui aonde deseja ir: