Quem é você?

Você é quem acredita ser...

Quando se deixa influenciar pelas opiniões de outras pessoas, você abandona a sua verdadeira essência, perde a naturalidade.

Agir de acordo com padrões impostos pode ser de utilidade para uma vida em harmonia dentro de um grupo, de uma sociedade.

Mas, aceitar como verdade cada julgamento sem antes analisá-lo, faz com que uma pessoa acabe se esquecendo de quem é realmente.

Ouça o que as pessoas dizem, aprenda com elas.

 Mas não seja elas!

 Os amigos, na maioria das vezes, verão em você apenas as suas qualidades, o que você tem de melhor; ou...O que mais combine com o que eles acreditam ser o melhor.

Seus adversários, por outro lado, apontarão todos os seus defeitos, ou o que a eles incomoda.

E você?

Como se vê realmente?

Olhe para dentro de si e reflita, seja honesto consigo mesmo.

Todos temos defeitos e qualidades. São eles que nos tornam seres únicos.

Se enxergarmos apenas nossas qualidades correremos o risco de nos tornarmos arrogantes;

Se valorizarmos os defeitos, provavelmente, nos transformaremos em pessoas com baixa autoestima.

Seja sincero no seu julgamento. Mude o que achar que o incomoda. Valorize o que achar que o torna uma pessoa melhor.

Mas, acima de tudo, mantenha o respeito a si mesmo.

Seja o melhor possível, mas, acima de tudo...

Seja VOCÊ!

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir:

VOLTAR