A verdadeira sabedoria não existe na solidão das torres.

Ninguém guarda apenas para si o conhecimento. Ele precisa ser compartilhado para que possa crescer.

Da mesma forma a felicidade precisa ver seu reflexo para sobreviver.

Ninguém consegue manter em segredo sua felicidade; ela transparece nos gestos e atitudes.

Não é agressivo quem está feliz.

A felicidade torna benevolentes as pessoas.

Lamentavelmente perdeu-se para a maioria das pessoas o conceito real do que seja felicidade.

Passou-se a associá-la ao sentimento de posse.

Passou-se a considerar feliz aquele que possui; sejam bens matérias, seja a admiração de quem está próximo.

As pessoas precisam ter para que se sintam felizes.

E enquanto não conquistam estas posses vão deixando de perceber as pequenas coisas que poderiam trazer-lhe, se não a felicidade permanente (será que ela existe?), pelo menos uma série de momentos felizes.

Aprenda a distribuir seu afeto em vez de apenas esperar recebê-lo.

Sorria e receberá um sorriso de volta.

 

Não é a quantidade que faz a riqueza, mas sim a qualidade daquilo que se possui.

Acostume-se a saborear cada minuto que o tempo lhe concede; não espere que ele passe por você sem que seja percebido.

 

 

 

 

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir:

VOLTAR