SOU LOUCA

Sou louca...

Não ouço a voz do bom senso.

Caminho sem rumo.

Como só os loucos podem caminhar impunemente.

Caminhada sem metas.

Caminhar compulsivamente...

Sem rumo, sem chegadas...

somente partidas...

Sou louca ...

Nesta busca nem eu mesma sei de que...

Sou louca...

Algum dia chegarei a lugar algum, 

em busca de coisa alguma...

Sou louca...

Vou caminhando...

Sou louca...

Contentando-me com  pequenas ilusões, 

breves sorrisos, poucas esperanças, 

mas renascendo a cada dia...

Então descubro que ser louco 

 é renascer constantemente, 

é não ter passado, presente ou futuro...

Ser louco, é, simplesmente SER.

  Suely Vieira

Direitos autorais reservados. Lei 9610 de 19/02/1998

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: