Sentir medo é não acreditar na perfeição da vida.

É deixar que sombras intrusas ofusquem a luz que ilumina cada um dos seus passos, cada um dos seus atos.

Sentir medo é perder a fé; a fé em si mesmo.

É abrir mão de seu direito de dirigir seu próprio destino, deixando que circunstâncias externas determinem suas atitudes, porque quem se entregou ao medo se acovarda diante do inesperado.

Quando o medo ameaçar invadir seu coração ou sua mente, impeça-lhe a entrada.

Fortaleça sua autoconfiança e você verá que o medo se dissipará como nuvem soprada pelo vento.

Envolva-se de luz, pois aonde habita a luz não sobra espaço para a sombra. E o medo nada mais é do que uma sombra tentando encobrir a luz que emana de você.

 Você é parte da luz que ilumina o universo.

Brilhe!

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir:

VOLTAR