Se me foi negado o amor,

por que, então, amanhece;

por que sussurra o vento do sul

entre as folhas recém nascidas?

Se me foi negado o amor,

por  que, então, a meia noite entristece,

com nostálgico silêncio, as estrelas?

E por que este tolo coração continua,

esperançoso e louco,

espreitando o mar infinito?

Tagore

 Indique esta Página!

Escolha aqui aonde deseja ir: