Agir é deixar que a vida siga seu curso natural.

Nossas indecisões geram bloqueios que nos impedem de participar dos novos eventos que venham a surgir em nossos caminhos.

Muitas vezes é preferível escolher a opção menos acertada do que, por medo de errar, não tomar nenhuma atitude.

Todos nós somos passíveis de erros e acertos, embora todos nós também desejássemos acertar sempre.

Decidir é exercer nosso livre arbítrio, é assumir uma postura. É aceitar que cada um de nossos atos gera conseqüências e estarmos suficientemente amadurecidos para sabermos que a vida exige constantes adaptações.

Decidir é deixar que as páginas do livro da vida possam seguir sua seqüência.

Ninguém conhece o desenrolar de uma história se hesitar em virar as páginas do livro em que ela está escrita.

 

 

 

Escolha aqui aonde deseja ir: